Como economizar e comprar álbuns de K-pop! + minha coleção

Primeiramente vamos deixar bem claro que essas dicas funcionam muito bem pra mim! Então baseado nas minhas experiências que escrevi esse post e espero que possam te ajudar de algum jeito. Ok?

E, assim como eu falei no vlog, eu não sou rica.

Bom, esse post é um amontoado de dicas que sempre me ajudaram muito na hora de economizar pra comprar meus álbuns de K-pop. Eu SEI que a situação financeira tá bem difícil, e eu SEI que muita gente não recebe mesada, etc etc. Não venham me falar nada disso porque eu realmente sei e entendo que cada pessoa lida com dinheiro de um jeito diferente que eu. Mas sempre que falo da minha coleção e as pessoas me chamam de “rica”, fico muito incomodada porque não foi nada fácil chegar a essa coleção que tenho hoje. *respira*

Eu sempre fui uma pessoa que controla demais meu dinheirinho. Qualquer coisa que eu compro é anotada na minha agenda. Se eu comprar um Trident na faculdade, eu vou anotar que gastei 2 reais naquele chiclete. Se eu comprar uma blusa na Renner e um sorvete no McDonald’s, eu anoto. Tudo. Até os centavos. Por quê? 

Porque assim, no final do mês, eu volto nessas anotações todas e sei exatamente como que gastei meu dinheiro. Ou vai me dizer que você nunca assustou com o que tinha na carteira e pensou “nossa mas onde esse dinheiro todo foi gasto?” e não lembrou de nada?! Pois é, todos nós já passamos por isso. 

Então a minha primeira dica é: anote todos os seus gastos. Todos eles, por menores e insignificantes que sejam. Gastar com coisas pequenas também pode gerar um pequeno rombo na carteira no fim do mês. 

Eu não sou uma pessoa que sai muito de casa [minhas amigas detestam isso, mas eu realmente prefiro ficar em casa ahsudhasudh]. MAS eu gosto muito de ir ao cinema. Muito. E o meu ritual de ir ao cinema é: passar nas Lojas Americanas, comprar docinhos e uma água, e depois ir assistir o filme com meu lanche. O problema é que eu fazia isso todo final de semana com meu namorado. Resultado? Muito dinheiro gasto em um mês só. 

Vamos fazer uma mini conta bem arredondada: 

  • Ingresso do cinema: R$ 12 reais [amém meia entrada]
  • 3 pacotes de docinho Fini: R$ 10 reais [amém promoção] 
  • 2 pacotes de Cheetos: R$ 10 reais
  • Uma água: R$ 3 reais

Nisso, eu já gastei R$ 35 reais. E se a gente ainda estivesse com fome, iríamos à praça lanchar alguma coisa [mas não era todo fim de semana, então não vou incluir esse gasto aqui]. 

Fazendo esses gastos por dois fins de semana seguidos já eram R$ 70 reais! E em um mês, R$ 140! No dia você não percebe que gastou tanto, mas vai acumulando e virando uma bola de neve. 

E esse tipo de passeio pode ser substituído por uma opção mais barata: ao invés de ir todo fim de semana ao cinema, dá para intercalar entre Netflix e cinema. Entendem? Em um domingo podemos ir ao cinema, e no outro ficamos em casa vendo Netflix. 

Então dica número dois: substitua alguns hábitos por algum mais barato. Eu juro que isso não vai te matar e pense que serão R$35 reais economizados! 

Minha coleção atual de álbuns

Se você já é uma pessoa que gosta mais de sair, lanchar fora, ir em rodízio de sushi, e faz isso com frequência, sabe que o gasto com essas coisas é enorme. Supondo que uma ida à lanchonete seja um gasto de R$50 reais [lanche, bebida, sobremesa], e você faz isso uma vez por semana: já são, no mínimo, R$100 reais que você gasta no mês. 

“Ah mas é comida Dora, não tem como passar fome!” – eu não disse nada disso gafanhoto, tenha calma. O que eu quero dizer é: será que é realmente extremamente nível de vida ou morte ter que lanchar fora de casa toda semana? Porque eu sei de pessoas que saem duas, quatro vezes por semana pra lanchar fora, e depois no fim do mês reclamam que não tem dinheiro pra comprar o Trident na faculdade. 

Óbvio que comer é importante, eu gasto muito dinheiro em doce. Mas é aquela coisa: se você quer tanto um álbum de K-pop, tem que priorizar muitas coisas na sua vida. Um gasto enorme com lanche e comida fora de casa é uma coisa que pode ser regulada. Entendem? 

Quando eu quero comprar um álbum, anoto o quanto vou precisar economizar [vamos supor que R$100]. Vejo que dias que eu quero sair aquele mês [ir ao cinema, lanchar na faculdade], e simulo o gasto que terei com aquilo tudo. Porque daí eu sei onde preciso cortar meus gastos e conseguir comprar o álbum sem ter muito prejuízo pelos meus outros gastos. E acreditem: eu gasto muito quando não estou com nenhum CD na lista de compra. 

E essas dicas valem pra tudo na sua vida: se você quer economizar pra comprar uma roupa bonita, um livro – ou um box bem lindo, edição limitada – você tem que fazer uma certa economia. Eu tentei resumir o máximo que pude esse post, porque senão ele ficaria muito grande e muito chato até. 

Realmente espero que isso ajude vocês a economizar e comprar vários álbuns de K-pop! <3 

Agora vamos ao vlog: 

Eu gravei semana passada um vídeo que me pediram bastante! Mostrei toda a minha coleção de K-pop, que comecei em 2011! 

Atualização: da coleção, 31 álbuns e os DVDs foram comprados pela GAC K-STORE. Eu confio neles de olhos fechados, é o melhor serviço que já usei até hoje! Recomendo pra todo mundo! Os outros 3 álbuns eu comprei pela KTOWN4U, que também é muito bom. Mas pela facilidade de contato e velocidade em responder dúvidas e e-mails, eu prefiro mil vezes a Gac <3 

Espero que tenham gostado do post e do vlog, eu fiz tudo com MUITO carinho mesmo! <3 Não esqueçam de deixar um comentário se quiserem que eu mostre algum dos meus álbuns em vídeo ok?

Vejo vocês no próximo post! 

 

 

Dora Leiria

K-popper desde 2009, então decidi fazer um blog pra surtar <3 // K-popper since 2009, so I decided to make a blog to talk about it <3

Related Posts

2 Discussion to this post

  1. Bárbara, a rainha das planilhas disse:

    tenho tanto orgulho de dizer que sou a rainha das planilhas do excel, porém, não tenho ainda esse hábito de anotar tudo :~ eu nem guardo os comprovantes, o que é um absurdo. mas vou começar a fazer isso ano que vem, se eu começo a anotar agora, certeza que a culpa vai ser maior do que eu posso suportar ahaahhaahhahah

    amei o post <3

    • Dora disse:

      poxa unnie uashduashduashdiuhasd tem que guardar as notinhas <3 daí você consegue anotar tudo na ordem bonitinha e não se perder nos gastos <3 e dica de quem já se ferrou com roupa: guarda a nota da roupa por pelo menos um mês. Uma blusa minha encheu de buracos na 1ª usada e eu não tinha a nota pra fazer a troca
      Obrigada pelo comentário <33333

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *